Editorial: dois anos de gratidão

Estamos comemorando mais um ano de existência como comunidade paroquial. Somos sim uma igreja em missão que desde nossa criação dia 11 de fevereiro de 2012 caminhamos até nossas famílias, nossos jovens, adolescentes e crianças para viver juntos o evangelho.

Queremos como família celebrar esse tempo de conquistas alcançadas graças à oração e ação de tantos que permaneceram fiéis ao chamado do Senhor Jesus: «Vinde após mim e eu vos farei pescadores de homens» (Mt 4,19). Somos pescadores de pessoas. E se permanecemos pescando é porque nosso chamado continua: Deus permanece convidando seus filhos para participar do grande banquete da Palavra e da Eucaristia.

Nossa missão como filhos comprometidos é testemunhar o amor Daquele que nos chamou. Deus nos chamou para formar uma família. A grande família de Deus. Ser paróquia é ser família: não pertencemos a nós mesmos, mas a Deus nosso Pai que nos chamou para a sua família, a sua comunidade. Nosso chamado nos dá uma missão. Mas para realizar nossa missão evangelizadora precisamos criar em nós a consciência de que pertencer a família de Deus exige de nós uma acolhida sempre maior. Acolher com respeito, acolher e dar ao outro o seu lugar entre nós.

Estamos na luta para construir uma casa, um templo para o Senhor. Essa casa não nos pertence: essa casa é do nosso Pai, é da Trindade Santa. Nós somos filhos quem tem livre acesso à casa de Deus, livre entrada na casa de nossa mãe, Rainha dos Apóstolos. Somos filhos da Rainha e como toda mãe devemos acolher e oferecer um lugar para cada irmão que encontramos em nossa missão.

Acolhemos em nossa família paroquial o pe. Luis Antônio que veio caminhar conosco nessa missão evangelizadora. Que Maria, Rainha dos Apóstolos, nossa mãe e rainha, abençoe e conduza seus passos entre nós.

Como família, rendemos graças a Deus por sua assistência e caminhada conosco: foram muitos projetos abraçados e realizados. Rendemos graças a Deus por todas as pessoas que caminharam conosco: Pe. Alceu, Fr Dilli e Fr. Thomas. Rendemos graças a Deus por cada momento de oração e celebração que tivemos. Somos gratos pela presença de Deus no meio de nós. E agradecidos queremos renovar nosso compromisso batismal: permanecer no amor de Deus, evangelizando através do testemunho e das missões. SOMOS UMA IGREJA EM MISSÃO! E que Deus nos conserve assim.

Deixe uma resposta